2

Trabalho da força Peso

Considere um corpo caindo sob ação do seu peso P.
O trabalho da força peso P em qualquer deslocamento depende apenas da diferença entre as alturas consideradas (Δh)
Sendo assim, em qualquer um dos caminhos abaixo, o trabalho da força peso P será o mesmo:


Mas, por quê?!
Vamos comparar os 2 primeiros casos:






Uma outra forma de compreender esse resultado, é imaginar o corpo descendo uma escada com degraus muito pequenos:



Nos pequenos deslocamentos horizontais, a força peso P não realiza trabalho porque ela é perpendicular aos mesmos.

A força peso P só realiza trabalho nos pequenos deslocamentos verticais, quando tem a mesma direção dos mesmos. Assim, o trabalho total é a soma desses pequenos trabalhos:


Mas,


Então:



Exemplo 1

Três corpos idênticos de massa m deslocam-se entre dois níveis como mostra a figura. A cai livremente; B desliza ao longo de um tobogã e, C desce uma rampa, sendo, em todos os movimentos, desprezível o atrito. 



Com relação ao módulo do trabalho (W) realizado pela força peso P dos corpos, pode-se afirmar que:

a) W
C > WB > WA
b) W
C = WB > WA
c) W
C > WB = WA
d) W
C = WB = WA
e) WC < WB > WA

Resolução:
Como os corpos têm o mesmo peso P, e o trabalho do peso só depende da altura h, os trabalhos do peso de cada corpo são iguais, WA=WB=WC. Então, a opção correta é a letra d).

a) WC > WB > WA 
b) W
C = WB > WA 
c) W
C > WB = WA 
d) W
C = WB = WA 
e) WC < WB > WA


Exemplo 2

Um carrinho de massa m=0,20kg desce um plano inclinado a partir do repouso. Qual o trabalho do seu peso na descida?




Resolução:
O trabalho da força peso só depende da diferença ente as alturas (Δh):

O peso P de um corpo corresponde ao produto entre a sua massa m e a aceleração da gravidade g:

P = m . g

Considerando g=10m/s², teremos:




topo

Voltar Avançar








2